5SENSE

Os 7 pontos fundamentais para escolher um terreno ideial para construir!

Casal segurando uma casa feita de papel juntos.
  • test :

A escolha do terreno é o segundo passo mais importante antes de projetar a casa dos sonhos. Segundo porque, o primeiro passo é certamente sonhar! Sonhar e se imaginar na sacada do quarto de bebê curtindo aquele silêncio ao redor, aproveitando o sol para pegar aquele bronze na piscina depois de uma semana exaustiva de trabalho… ou quem sabe ainda, dormir com o som e a brisa suave que vem da chuva que cai lá fora.

A realidade de sonhos como esses dependem não somente de um bom projeto de arquitetura, mas da localização do terreno e principalmente do posicionamento deste, em relação ao lote e ao norte.

Família entrando em casa feliz, por ter feito um planejamento correto com profissionais de arquitetura e engenharia.

Antes de construir um imóvel é importante definir com atenção o programa de necessidades. Onde especificaremos – junto com o arquiteto responsável – a quantidade de pavimentos, vagas de garagem, quantidade de dormitórios, se haverá piscina, áreas de jardim, acessibilidade etc.

Veja mais abaixo como escolher o terreno ideial!

Já para a escolha do terreno, é importante se ater – além das características desejáveis do imóvel – também aos sonhos e necessidades psicológicas e emocionais do cliente para com o futuro lar: felicidade, satisfação, sossego, segurança, conforto…

Escolher um terreno mais afastado pode te garantir um silêncio e uma tranquilidade que certamente aquele terreno próximo a uma casa noturna, ou vias principais não proporciona. Já a facilidade de deslocamento entre casa, trabalho e escola por exemplo, pode te render anos de paciência extra que foi acumulada por não precisar ser gasta em engarrafamentos infernais.

Atualmente, as ofertas de moradia são inúmeras! Sejam nas redes sociais, classificados, entre outros. E na maioria das vezes o atrativo aos olhos do cliente infelizmente é o custo. Custo esse que pode custar o prazer de morar em um lugar bonito e acolhedor. Ficando este, privado de uma qualidade de vida que poderia ter se buscasse a orientação de um profissional qualificado. Por isso, trouxemos alguns tópicos importantes a serem avaliados na hora da escolha do terreno.

Leis de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo

A princípio, as Leis de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo – mais conhecidas como Leis de Zoneamento – em geral, limitam o projeto. Elas dividem as cidades em áreas e determinam o que pode ser construído em cada uma delas: apenas residências, comércio, indústria etc.

O zoneamento também define o número de andares que se pode construir (tecnicamente isso se chama gabarito) e quanto pode se ocupar do solo. Essas leis precisam ser analisadas, de acordo com a localização do terreno, para que as taxas de ocupação do solo, coeficiente de aproveitamento, recuos e outros fatores obrigatórios sejam obedecidos.

Portanto, é importante que se tenha cuidado com terrenos muito estreitos. Uma vez que, você é obrigado a deixar recuos pré-determinados pela Lei de Uso e Ocupação do Solo do município em que o seu terreno está inserido. Caso seja um loteamento em condomínio, além das leis obrigatórias, é importante que se verifique as condições que o condomínio impõe.

Topografia e Aspectos Físicos

Portobello House | Tripper Arquitetura

Em segundo lugar, é importante verificar a topografia e os aspectos físicos. Pois, alguns terrenos – com aclive (sobe em direção ao fundo) ou declive (aquele que desce; ou seja, o nível da rua está mais alto que o fundo) – têm necessidade de cortes e/ou aterros, dependendo do que se espera de projeto. Porém, nem todo terreno com desnível precisa ter grandes movimentações de terra. Uma vez que, é esta movimentação de terra que deixa a obra mais cara, pois é preciso pensar em estruturas de contenção (muros de arrimos) e de drenagem, que acabam tendo um preço bem elevado! Tendo em vista essas inclinações, um bom profissional consegue tomar como partido o próprio desnível e aproveitar o traçado natural para projetar uma construção bela, funcional e única!

Tipo de Solo

Outro ponto vital, é verificar o tipo de solo! E para tal, é preciso contratar uma sondagem. Onde é possível conhecer a espessura das camadas que compõem o solo, sua resistência e a provável localização do lençol freático, caso exista.

A sondagem fará um perfil do terreno, determinando em que camadas estão os solos apropriados para apoiar o alicerce! É com base nesse levantamento que os tipos de fundação são definidos e será possível determinar se a fundação será mais simples e barata ou se será preciso gastar mais nessa etapa.

Dependendo dos resultados obtidos com o estudo, o projeto pode até ser financeiramente inviabilizado. “Do ponto de vista técnico, sempre há alternativas para contornar possíveis problemas localizados pela sondagem, entretanto, o custo das ações é elevado, e o investimento pode não compensar para determinados empreendimentos”, afirma o engenheiro Artur Quaresma, tesoureiro da Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica (ABMS).

Um dos pontos mais importantes: Sondagem do Terreno (Como Escolher um Terreno)

Se o projetista não tiver conhecimento sobre o que existe no subsolo, é grande a possibilidade de a fundação ou mesmo a estrutura da edificação ter seu dimensionamento calculado de maneira errada.

Onde o superdimensionamento da estrutura acarretará um gasto excessivo. E o subdimensionamento comprometerá a estabilidade da edificação e segurança dos seus usuários.

Terreno com Árvores

Como escolher um terreno ideal? No meu terreno tem muitas árvores!

Veja se o terreno tem muitas árvores. Se você quiser retirar algumas no local onde vai fazer a casa, verifique na prefeitura se aquele terreno tem restrições. Pois, árvores nativas são protegidas por diversas leis e você precisará pedir uma licença se quiser cortar. Nesse caso, o melhor seria planejar a construção sem derrubar nenhuma das árvores, fazendo um projeto em que elas fiquem bem integradas à casa.

Há também locais de preservação ambiental que não podem ser desmatados e construídos. E faixas próximas a rios que devem ser preservadas. Uma vez que, terrenos em área de proteção de mananciais (represas, rios, nascentes) precisam de cuidados, já que são legalmente protegidos para a preservação dos recursos hídricos. Apresentam maiores restrições de uso do solo e com isso pode-se levar mais tempo para a regularização da documentação.

Observe também se o local desejado não alaga em épocas de fortes chuvas, esse é um ponto muito importante. Pois, terrenos com baixa resistência e de solos úmidos, com proximidade de rios e lagoas, são propensos a alagamentos, e o grau de complexidade das fundações deve ser maior. Se essas não forem bem executadas podem trazer sérios problemas.

E não esqueça de observar se existem áreas de risco de desmoronamento e a necessidade de contenções de arrimo. Talvez o local bonito e o ótimo preço no terreno signifiquem custos elevados mais adiante e um perigo para os moradores, fique atento. 

Posicionamento da construção no terreno com relação ao sol

Outro tópico fundamental em como escolher o terreno é o posicionamento da construção no terreno com relação ao sol;que implicará no conforto e até mesmo na economia.

A melhor posição da escolha do terreno em relação ao sol é a face norte (não é uma regra). Um terreno tem sua frente na face norte quando, olhando o a frente do terreno da rua, o sol nasce do lado esquerdo do terreno e se põe do lado direito.

A escolha desta face é interessante por propiciar um melhor aquecimento da residência. Uma vez que ela recebe o sol mais forte e costuma ficar quente boa porção do dia. Já a área leste recebe raios de sol esterilizantes da manhã, sendo ideal para o posicionamento dos quartos.

No caso oeste, os cômodos de pequena e média permanência, tais como áreas de serviços, depósitos e garagem, são inseridos uma vez que incide o sol da tarde. Já o lado sul é onde temos mais problemas, uma vez que, no inverno quase não há incidência do sol. Enquanto no verão o sol incide apenas nas primeiras horas da manhã e no final da tarde.

Trabalhar em harmonia com a luminescência solar influi em diversas variáveis como conforto, sustentabilidade e até a duração de estruturas e móveis. Por isso, observe ao redor, se não há construções muito altas, muros e vegetações que possam afetar o conforto térmico da sua construção.

Devemos levar em consideração o clima de cada região, pois em alguns casos a melhor face pode ser sul, ou até mesmo oeste. Outro ponto importante é com relação aos ventos predominantes e sua passagem pelo terreno. A casa deve ser planejada observando cada um desses pontos para um melhor aproveitamento das variáveis em favor do conforto de cada ambiente da casa.

Infraestrutura

Também é necessário verificar a infraestrutura! Saber se a concessionária de luz, de abastecimento de água e as redes de esgoto e de gás, coleta de lixo, cabos para telefonia e internet chegam ao seu terreno, pois são serviços essenciais (sem as duas primeiras não é possível iniciar a obra). Como também é importante saber se a região é servida por transporte público, e equipamentos como: hospital, supermercados, padaria, farmácia, escola, entre outros. Estar em uma área mais estruturada aumenta o custo do terreno, mas pode te dar melhor qualidade de vida e até fazer você economizar tempo e dinheiro.

Observe o Entorno

Como escolher um terreno envolve observar o entorno!

Antes de decidir sobre o a escolha do terreno, observe sempre o entorno e visite o local em horários diferentes, inclusive à noite e no final de semana. Comprar um lote ou terreno sem visitá-lo, sem checar sua situação legal e limitações, pode trazer várias complicações e, consequentemente, gastos excessivos. Após a escolha, não se esqueça de conferir a metragem, e se possível com a ajuda de um topógrafo, verificar se está no local correto dentro do loteamento, para que na hora da obra, os profissionais não se confundam na marcação e você não tenha complicações com os vizinhos no futuro. Se possível, antes de adquirir um terreno, leve um engenheiro ou um arquiteto, juntamente com o corretor, para avaliar se será um bom local para a execução do seu projeto.

Como escolher um terreno para a sua casa envolve muitas variáveis, mas neste artigo contamos com 7 pontos importantíssimos. Você deve observar que cada tipo de terreno pode ser o ideal para uma determinada forma construtiva, quanto para outra não. Por isso, quando você for escolher um terreno analise cada um dos pontos acima antes de comprar um terreno.

YOUR COMMENT

Categorias

Palavras Chave

Escritório de Arquitetura em Campina Grande e Fortaleza. O Escritório de Arquitetura 5Sense atua com projetos de Arquitetura e Acessibilidade nos seguintes estados: Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Piauí. O 5Sense nasceu das idéias de Natália Pereira Arquiteta em Fortaleza e Emanuel Souto Arquiteto em Campina Grande

Contato

Arquitetos em Campina Grande
WhatsApp: (83) 99305-5463
Arquitetos em Fortaleza
WhatsApp: (85) 99107-6482
Email: [email protected]
Web: https://www.5sense.com.br/

@2017. All Rights Reserved.